Daniel Jorge
A poesia faz a gente ver a vida de forma diferente, mesmo enfrentado tudo e todos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Afinal, Deus é ou não é homofóbico?
Esse questionamento me veio à mente, depois que li em alguns sites de noticias do País, uma declaração da cantora Daniela Mercury, durante evento realizado na sexta feira dia 20 de novembro de 2015, na sede da Organização das Nações Unidas – ONU, onde ela afirma: “Deus não é homofóbico”. E acrescentou, segundo as publicações: "Deus me fez como sou e me sinto privilegiada por tudo o que sou, e ser homossexual não me torna uma pessoa pior, mas mais interessante".

De fato a cantora Daniela Mercury fez uma constatação óbvia ao afirmar que “Deus não é homofóbico”. Isto é tão óbvio que até eu posso afirmar que “Deus nunca foi, não é e nunca será homofóbico”. Por uma razão simples. A homossexualidade não faz parte do Plano de Deus. Não é necessário muito esforço para constatar isso. Num precisa ser um doutor da lei ou um cientista, muito menos pertencer a uma religião. Basta observar a natureza humana em sua essência. E é claro, usar um pouco de inteligência.

Mas como esta reflexão é pautada nos valores naturais da vida, vamos recorrer ao livro do Gênesis para que não reste dúvida sobre o assunto em questão. Depois de criar todas as coisas, Deus viu que era bom e as abençoou. Então Deus disse: “Façamos o homem a nossa imagem e semelhança. E Deus criou o homem a sua imagem; e os criou homem e mulher”, GN 1, 26-27. Observe, Deus criou homem e mulher! E não os criou por acaso. O homem e a mulher possui um papel relevante no Plano de Deus. Isso se torna evidente quando Deus abençoa o homem e a mulher e diz: “Sejam fecundos, multipliquem-se, encham e submetam a terra”, GN 1, 28.

Como você deve ter percebido é um fato no Plano de Deus, a relação entre homem e mulher. E essa relação possui uma finalidade. Trata-se da fecundidade! Portanto, qualquer estilo de vida contrário a este fato, “automaticamente”, esta fora do Plano de Deus. É importante destacar que todo ser humano, independente de cor, raça, crença ou sexo é imagem e semelhança de Deus. No entanto cada um possui o livre arbítrio, dado pelo próprio Deus. Desta forma, cada pessoa é chamada a vencer suas limitações e responder com entusiasmo e confiança o Plano de Deus, superando as fantasias, o medo do vazio existencial, o modismo, enfim, tudo que seja transitório e se colocando inteiramente nas mãos do Criador.

Se você é homossexual, se faz parte de algum grupo que defende esse estilo de vida ou se é simpatizante, busque algo mais que a satisfação dos próprios desejos e de uma liberdade sem limites. Busque Deus! Como diz São Paulo: “tudo posso, mas nem tudo me convém”, 1Cor 6,12. Que Deus conceda a graça ao povo brasileiro de ter o discernimento necessário para lidar com essas questões. De sempre respeitar o ser humano que é imagem e semelhança de Deus, mas nunca promover iniciativas contrárias ao sentido natural da vida.
Daniel Jorge
Enviado por Daniel Jorge em 30/11/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Daniel Jorge). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários