Daniel Jorge
A poesia faz a gente ver a vida de forma diferente, mesmo enfrentado tudo e todos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Juazeiro

É própria do meu sertão,
A árvore de nome Juá
Que mesmo em meio à seca
Tem sombra para ofertar.

Oferta na gratuidade,
O que de graça recebeu,
Nos ensinando a beleza,
De viver no amor de Deus.

Juazeiro força viva,
Símbolo desse meu sertão,
Tua existência me ensina,
A acolher o meu irmão...

Tem sombra o ano todo,
Mesmo quando vai trocar,
As folhas que lhe reveste,
E que traz beleza ao olhar.

Juazeiro força viva,
Parece querer ensinar,
O seu estilo de vida,
Sua capacidade de superar.

Verde escuro no verão,
Verde claro no inverno,
Para o povo nordestino,
O juazeiro é um mistério.

Um mistério que anima,
Que faz a esperança reinar,
No coração de um povo,
Que ama o pé de Juá.
Daniel Jorge
Enviado por Daniel Jorge em 18/07/2016
Alterado em 11/01/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Daniel Jorge). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários