Daniel Jorge
A poesia faz a gente ver a vida de forma diferente, mesmo enfrentado tudo e todos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
ContatoContato
LinksLinks
Textos


A Comissão Diocesana da Pastoral Familiar promoveu na noite de sexta – feira, dia 20 de outubro, no Auditório Sagrada Família na Paróquia São José Operário em Picos, um encontro para discutir as faces da crise brasileira. A palestra intitulada Brasil: as várias faces da crise foi ministrada pela professora/doutora Denise Leal Fontes Albano. O evento contou com a participação de agentes de pastoral das paróquias Nossa Senhora dos Remédios e São José Operário.

As atividades iniciaram às 19:30hs, com acolhida dos participantes, apresentação da palestrante, oração inicial e na sequencia a palestra. Após a exposição do tema, foi facultada a palavra para perguntas e comentários a respeito da abordagem feita pela Doutora Denise. O resultado foi um debate que expôs a percepção dos participantes diante dos ataques dirigidos sistematicamente nos últimos anos, sendo mais evidente nos últimos meses, a família e a crença dos brasileiros. O evento foi concluído com uma benção do Padre Ferdiran Fontes Mendes.

Abordagem

Partindo da moral judaico cristã, a doutora Denise Leal Fontes Albano conduziu os participantes a fazerem uma memória das conquistas ética e moral alcançadas nos últimos séculos. Ao tempo em que propôs uma reflexão sobre os rumos que o Brasil tem tomado, sobretudo, na desconstrução de valores junto à igreja, escola, família, sindicato, associação etc. Essa desconstrução, segundo ela, implica em promover uma mentalidade revolucionária, onde é possível justificar qualquer mal em nome do ideal de construção de um mundo melhor.

De acordo com a palestrante, a pretensão de se promover a hegemonia cultural, tem sido um fator constante no País. Ela explica que as consequências dessa busca, em resumo, são: a corrupção da inteligência, a manipulação das massas e a desonestidade intelectual. O passo seguinte no itinerário revolucionário é a engenharia social, que entre outras coisas, ressalta como valores “os novos arranjos familiares” – como família poliafetiva, o “empoderamento” da mulher, erotização da infância, ideologia de gênero e a degradação moral escondida sob a liberdade de expressão.

Conclusão

A abordagem feita pela doutora Denise, contemplando as várias faces da crise que afeta os brasileiros, revela a mãe de todas elas, que é exatamente, a crise moral. Esta constatação exige de todos que prezam por uma sociedade pautada em valores, que saiam da inércia e que busque a partir da sua realidade, confrontar e boicotar de maneira inteligente, toda e qualquer iniciativa que atente contra a fé e a família original – pensada, desejada, criada e amada por Deus.

Confira as fotos AQUI

Para os que desejarem aprofundar o conhecimento sobre alguns dos assuntos abordados no texto, segue estas indicações. Se você aceita uma sugestão, eu dou: veja este material sem pressa! Bom estudo!

O abraço da morte à nossa sociedade

A mentalidade revolucionária

Os intelectuais e o tempo

Comédia de erros

As Novelas e a Engenharia Social

Por que querem destruir a família?

O marxismo e a destruição das famílias

A Geração Reacionária

O Mínimo Que Você Precisa Saber Para Não Ser Um Idiota – Olavo de Carvalho

REVOLUÇÃO CULTURAL

Marxismo Cultural e Revolução Cultural: Visão Histórica

Marxismo Cultural e Revolução Cultural: O Fascismo e o Marxismo Cultural

Marxismo Cultural e Revolução Cultural: Reação à crise marxista

Marxismo Cultural e Revolução Cultural: A infiltração do marxismo cultural no Brasil

Marxismo Cultural e Revolução Cultural: Teologia da Libertação e sua influência na Igreja
 
Daniel Jorge
Enviado por Daniel Jorge em 21/10/2017
Alterado em 23/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários