Daniel Jorge
A poesia faz a gente ver a vida de forma diferente, mesmo enfrentado tudo e todos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


A Comissão Diocesana da Pastoral Familiar – CDPF, promoveu no domingo, dia 28 de abril de 2019, no Centro de Treinamento Diocesano – CTD, em Picos, a Primeira Capacitação dos Agentes dos Setores da Pastoral Familiar. A capacitação foi destinada aos Assessores dos Setores Pré-Matrimonial, Pós-Matrimonial e Casos Especiais, bem como aos Coordenadores Paroquiais e Zonais da Pastoral da Família. Estiveram presentes mais de 140 agentes das diversas paróquias, áreas pastorais e comunidades de toda a Diocese, além daqueles que desempenharam trabalhos nas equipes de serviço.
 
O encontro teve como objetivo capacitar os agentes da Pastoral Familiar da Diocese de Picos, no que concerne aos objetivos, articulação e atuação dos Setores para uma ação evangelizadora eficaz e condizente com os desafios da família e sua integração na vida da Igreja, superando o amadorismo pastoral que inibe o pastoreio da família, bem como a imaturidade nas relações interpessoais no trabalho pastoral.
 
A capacitação foi dividida em quatro oficinas específicas para cada setor e para os coordenadores e ligações zonais. A oficina dos coordenadores teve como objetivo formar as lideranças da Pastoral Familiar na arte de gerenciar pessoas e tarefas para motivar os agentes, bem como fazer comunicar e promover a ação da Pastoral, a fim de uma Evangelização condizente com o hoje da Igreja e a realidade da Família. Com três formações: primeira, “Liderança Cristã e Pastoral Familiar”, exposta pelo casal Gernilson e Fabiana, Pastoral Familiar da Paróquia de Fronteiras; a segunda “A Arte de Falar em Público e a Evangelização da Família”, ministrada pelo Diác. Francisco Ramires, Assessor Eclesiástico Diocesano da Pastoral Familiar e Diretor Espiritual Diocesano do Encontro de Casais com Cristo (ECC); e, a terceira: “Markenting e Network Pastoral”, apresentada pelo casal Paulo e Conceição, Coordenadores da Comissão Paroquial da Pastoral Familiar de Fronteiras.
 
A oficina destinada ao Setor Casos Especiais teve como objetivo exercitar um pastoreio misericordioso e integrador das famílias em situação especial. Constituída de três formações: a primeira, ”O evangelho e a doutrina do matrimônio e da família”, que teve como expositor o Pe. Paulo Henrique, Coordenador de Pastoral Diocesano; a segunda, “Os casos especiais: ensinamento e a caridade pastoral”, apresentada por Daniel Jorge e Maria Sátira, Pastoral Familiar da Paróquia do Bairro São José, em Picos; e, a terceira, “Operacionalização do Setor Casais Especiais da Pastoral Familiar”, pelo casal Gilson e Eliane, Coordenadores do Setor Casos Especiais da Pastoral Familiar da Diocese de Picos.
 
A oficina do Setor Pré-Matrimonial teve como objetivo preparar para a vida conjugal e familiar. Tendo como formações: “A vocação para o matrimônio e para a vida em família”, assessorada pela Ir. Consolação, Filha da Caridade de São Vicente e integrante da CDPF;
“A preparação para a vida matrimonial e familiar: remota, próxima e imediata”, explanada por Antônio José e Felizmina, Paróquia do Junco, em Picos; e “Operacionalização do Setor Pré-Matrimonial da Pastoral Familiar” pelos Coordenadores Diocesanos do Setor Pré-Matrimonial, Petrônio e Valneide.
 
Por fim, objetivando acompanhar e integrar os recém-casados e casais em situações conflitantes e outras situações conjugais, a oficina para os agentes do Setor Pós-Matrimonial contou com as formações: “Espiritualidade e pastoreio matrimonial e familiar”, exposta pelo Pe. Ferdiran Fontes; “A vida matrimonial: ideal evangélico e ensinamento da Igreja e situação concreta das famílias”, por Wilson e Wayra, vice-coordenadores da CDPF; e “Operacionalização do Setor Pós-Matrimonial da Pastoral Familiar”, pelo casal Elineilton e Marilândia, Assessor do Setor Pós-Matrimonial na CDPF.
 
Após as oficinas específicas, o casal coordenador diocesano da CDPF, Yonara e Gleisson, conduziu a partilha e as impressões que as formações deixaram nos participantes. A Pastoral Familiar realizou este momento em resposta à prioridade pastoral da mesma para este ano de 2019, “Formação para a evangelização: capacitação dos agentes interdisciplinarmente para uma atuação adequada à realidade da família e proposta da Igreja”, dentro do objetivo da mesma: “Evangelizar a família no compromisso com as mais pobres e fragilizadas: acompanhar, discernir e integrar”. Em consonância com as prioridades da Ação Evangelizadora da Diocese de Picos: “Ser Igreja Missionária, comprometida com os pobres e sofredores da sociedade” e “Formar para a evangelização: cuidar dos cuidadores”.
Texto Diácono Francisco Ramires
Enviado por Daniel Jorge em 29/04/2019
Alterado em 29/04/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários