Daniel Jorge
A poesia faz a gente ver a vida de forma diferente, mesmo enfrentado tudo e todos.
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Livros à Venda
A oração
Autores: 
Santo Afonso Maria de Ligório
Editora:
Editora Santuário
Ano:
1987
Páginas:
112
Tipo:
impresso
Preço:
R$12,82
Sinopse:
“Quem reza, certamente, salva-se e quem não reza, certamente, será condenado.” Nessa sua clássica obra, Santo Afonso apresenta a oração como o grande meio para alcançarmos a salvação e todas as graças que queremos de Deus. Trata-se de um verdadeiro tesouro deixado por um dos maiores mestres da espiritualidade cristã.
 
A Conquista das Virtudes
Autores: 
Francisco Faus
Editora:
Cultor de Livros
Ano:
2014
Páginas:
208
Tipo:
impresso
Preço:
R$30,92
Sinopse:
Na primeira parte do livro mostra o valor e a necessidade das virtudes; na segunda, aponta os caminhos a seguir para a aquisição das virtudes; e na terceira reúne reflexões humanas e análises muito concretas sobre as virtudes humanas fundamentais: prudência, justiça, fortaleza e temperança, e diversas outras virtudes ligadas a elas.
 
Razões Para Crer. Como Entender, Explicar e Defender a Fé Católica
Autores: 
Scott Hahn
Editora:
Cleofas
Ano:
2015
Páginas:
224
Tipo:
impresso
Preço:
R$40,00
Sinopse:
Este livro desvenda mistérios, corrige mal-entendidos, e oferece respostas profundas e diretas para objeções comuns da fé Católica. O autor best-seller Scott Hahn, um convertido ao Catolicismo, experimentou as dúvidas que geralmente fomentam as discussões sobre Deus e a Igreja. Nos anos anteriores à sua conversão, ele era primeiramente um descrente e depois um clérigo anticatólico. Em Razões para Crer, ele explica o "como e por que" da fé Católica - extraindo das Escrituras, do dia a dia e até da ciência, os seus medos e de todos os outros convertidos. Hahn demonstra que a razão e a revelação, a natureza e o sobrenatural não são opostos, mas oferecem evidência complementar de existência de Deus. Mas ele não existe, simplesmente. Ele é alguém, e Ele possui uma personalidade, um estilo pessoal, que é possível discernir e conhecer. Hahn conduz os leitores a enxergar que Deus criou o universo com um propósito e uma forma - uma forma que pode ser encontrada no livro do Gênesis e é lá que visualizamos o mundo natural através de um microscópio, um telescópio, ou através de uma lente de contato. No coração do livro está a análise de Hahn das dez "chaves para o reino" - as características da Igreja claramente evidenciadas nas Escrituras. Da maneira que a criação demonstra, o mundo é uma casa que possui um Pai, um palácio onde o rei é realmente presente. Deus criou o cosmos para ser um reino, e este reino é a Igreja universal, revelada em sua totalidade por Jesus Cristo.
 
Como a Igreja Católica construiu a civilização ocidental
Autores: 
Thomas E. Woods Júnior
Editora:
Quadrante Editora
Ano:
2019
Páginas:
288
Tipo:
impresso
Preço:
R$46,50
Sinopse:
Se perguntarmos a um estudante universitário o que sabe do contributo da Igreja Católica para a sociedade, a sua resposta talvez se resuma a uma palavra: "opressão", por exemplo, ou "obscurantismo". No entanto, essa palavra deveria ser "civilização".

O autor destas páginas, Thomas Woods, doutorado pela Universidade de Columbia, mostra como toda a Civilização Ocidental nasceu e se desenvolveu apoiada nos valores e ensinamentos da Igreja Católica.

Em concreto explica, entre muitas outras coisas: por que o milagre da ciência moderna e de uma filosofia que levou a razão à sua plenitude só puderam nascer sobre o solo da mentalidade católica; como a Igreja criou uma instituição que mudou o mundo: a Universidade; como ela nos deu uma arquitetura e umas artes plásticas de beleza incomparável; como os filósofos escolásticos desenvolveram os conceitos básicos da economia moderna, que trouxe para o Ocidente uma riqueza sem precedentes; como o nosso Direito, garantia da liberdade e da justiça, nasceu em ampla medida do Direito canônico; como a Igreja criou praticamente todas as instituições de assistência que conhecemos, dos hospitais à previdência; e como humanizou a vida, ao insistir durante séculos nos direitos universais do ser humano – tanto dos cristãos como dos pagãos – e na sacralidade de cada pessoa.