Daniel Jorge
A poesia faz a gente ver a vida de forma diferente, mesmo enfrentado tudo e todos.
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Contato Links
Textos
Nesta quarta-feira, dia 15 de abril, foi anunciado durante coletiva de imprensa, o primeiro diagnóstico do vírus chinês na cidade de Picos. Embora, o vírus chinês não seja mais nenhuma novidade, a histeria correu solta. Os efeitos das altas doses de medo propagado pela grande mídia com o aval de prefeitos e governadores tem sido determinante.

Finalmente as autoridades de Picos voltam a ganhar fôlego para continuar impondo seus decretos e estimulando as pessoas à se manterem no isolamento social. Na ausência de ações capazes de sensibilizar a opinião pública, o vírus chinês se apresenta não como inimigo, mas como excelente aliado no terreno político.

De vez enquando escuto falar que estamos em guerra contra um inimigo invisível - eu concordo com a constatação. Mais, eu também acredito que esta guerra é contra um inimigo visível, e que embora pouse de bom moço, num curto período de tempo, certamente, irá mostrar suas garras, revelando sua verdadeira face. Alguém pode dizer que isso é fruto da minha fértil imaginação ou talvez da minha incapacidade de perceber os acontecimentos.

A estes, apenas direi, não tenhamos pressa, o tempo - na dimensão terrena - é senhor da história e se encarregará em oferecer as respostas que estão sendo negadas em nossos dias. Por isso tenha ânimo e acredite que após a tempestade sempre vem a calmaria. E, até que chegue a calmaria desejada, somos desafiados a alimentar nossa fé, manter viva a esperança e multiplicar a caridade.

Não estou surpreso com o diagnóstico do vírus chinês aqui em Picos, isto era previsível, mais cedo ou mais tarde, sabia que ia chegar por aqui. Confesso que estou estarrecido com a forma com que a imagem de uma cidadã correu os grupos de whatsapp na tarde desta quarta-feira. Este é um gesto no mínimo desumano, um ato totalmente desprovido de caridade. Quem será responsabilizado por este ato abominável - a grande mídia, o governador, o prefeito ou as pessoas que compartilharam a imagem?

Prudência e bom senso deve ser a tônica de nossa vida nesse momento. Embora as autoridades num tratem disso, - se limitem apenas em recomendar o isolamento - o povão não pode fechar os olhos para essa necessidade. Um gesto de apoio e não de fofoca para com uma pessoa é equivalente aquele quilo de alimento que você doou ou recebeu de alguém nesses dias ou em algum dia da sua vida.

Precisamos estar conscientes que a exemplo dos demais vírus, o vírus chinês também não é incurável. O próprio Ministério da Saúde informou que mais de 14 mil pessoas no Brasil, diagnosticadas com o vírus chinês já foram curadas. Por que esta notícia não ganha destaque na grande mídia? Simples, porque não dá audiência e nem vende assinatura de jornais. Por que esta notícia não é divulgada aos quatro ventos por prefeitos e governadores? Tudo indica que é simplesmente para manter o estado de tensão e garantir os recursos do Governo Federal.

Portanto, não sejamos indiferentes com as pessoas que possam vir a ser diagnosticadas com o vírus chinês. Lembre-se que todos nós somos potenciais receptores e propagadores deste e de tantos outros vírus. Portanto, vamos nos esforçar para agir com prudência, bom senso e caridade, pois os nossos dias exige isso. Não nos deixemos servir de amplificadores do terror psicológico espalhado pela grande mídia e nem do cuidado duvidoso propagado por prefeitos e governadores.

Que Deus nos abençoe e nos dê o discernimento necessário para que o desprezo que não desejamos para nós, não saiamos espalhando pelas redes sociais aos outros.

INFORMAÇÃO RELACIONADA

A delinquência da grande mídia e a politização do Coronavírus no Brasil
Daniel Jorge
Enviado por Daniel Jorge em 15/04/2020
Alterado em 20/04/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários