Daniel Jorge
A poesia faz a gente ver a vida de forma diferente, mesmo enfrentado tudo e todos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Deus esta contigo
Porque é tão difícil compreender os desígnios de Deus? Talvez a resposta esteja no fato da nossa limitação humana, ligada intimamente aos bens materiais e estéticos oferecidos pelo mundo; ou por priorizarmos apenas a força que conseguimos produzir a partir dos alimentos que consumimos, esquecendo, que não menos importante para nossa vida é o alimento espiritual. Este último nos permite uma proximidade maior com Deus. Mas, para que isso aconteça é necessário tempo e perseverança.

Outro dia, ao visitar um casal amigo, pude perceber uma família em estado de graças pelo dom da vida. Não nasceu nenhum bebe, mas os motivos são mais que suficientes para celebrar em agradecimento a Deus. O esposo sobreviveu a um grave acidente que vitimou quatro pessoas. A tragédia chocou a comunidade católica da Diocese de Picos – Piauí.

Num cenário de mortos e feridos, uns graves e outros menos, renasce este filho de Deus com apenas alguns hematomas. O relato que apresentarei a seguir não possui a intenção de comprovar milagres, mas de sensibilizar corações para o projeto de vida que Deus nos apresenta. O que compartilho aqui, eu ouvi de uma esposa emocionada e com lágrimas nos olhos.

“Meu esposo comprou umas imagens, entre elas a imagem da Sagrada Família. Ele colocou-as dentro da mochila que carregava e na viagem de volta resolveu pendurar a mochila no ombro para evitar que alguém pisasse e quebrasse as imagens. Na hora do acidente, conforme relatos, a van deu quatro tombos, jogando quase todos os integrantes para fora do carro. Ao se dar conta do que havia acontecido e levantar-se percebeu que a mochila continuava pendurada no ombro. Depois que passou toda aflição da tragédia, que chegamos em casa, fui conferir a mochila e para minha surpresa apenas a imagem de São José na Sagrada Família, tinha quebrado o pescoço, o restante estava intacto. E os maiores hematomas que ficaram no corpo dele foi justamente no lado aposto que estava a mochila com as imagens”.

Pode parecer coincidência, mas, enquanto cristão ou não você é desafiado a tirar suas conclusões do fato. Como disse anteriormente, não tenho a intenção de provar um milagre. Gostaria apenas que você pudesse pensar e identificar o espaço que tem reservado para Deus em sua vida. Pois independentemente do nosso querer Ele busca constantemente a nossa conversão, a nossa presença, o nosso amor. "Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor", (1Jo 4,8).

Diante de tantos relatos fortes que ouvi naquele dia, ele me confidenciou um pouco do seu processo de conversão. Um homem comum, simples, mais que aos poucos vem descobrindo o verdadeiro sentido de Deus em sua vida e na vida de sua família. E essa descoberta é o motivo que me levou a redigir essas linhas. Essas poucas palavras possuem um significado profundo.

“Por muito tempo eu busquei Deus, mas nunca conseguia senti-lo perto de mim. Quanto mais eu o buscava, mais o sentia distante. Os acontecimentos dos últimos tempos, antes mesmo do acidente, tem me permitido compreender que Deus sempre esteve ao meu lado. Deus sempre esteve comigo. Eu é que não conseguia perceber sua presença e terminava me afastando Dele e achava que era Ele que se afastava de mim”.

Esse relato pode parecer simples, mais, chega ao nosso coração carregado de esperança. Nunca é tarde para dizer “sim” a aquele que nos deu a vida, e que nos procura com muita insistência para servir como operário na promoção e construção do seu Reino. Um Reino que só é possível acontecer com a ação daqueles que permitem o Senhor tomar posse da sua vida, e lhes direcionar rumo à promoção do bem comum.

Fico imaginando, quantas pessoas que vivem essa mesma situação. Quantas pessoas desejosas de Deus que não se permitem serem tocadas e transformadas pelo amor infinito e misericordioso do Pai. Que o Senhor da vida nos dê a oportunidade de alcançar a graça, e assim, poder sentir a alegria de pertencer a Deus...
Daniel Jorge
Enviado por Daniel Jorge em 05/01/2014
Alterado em 16/01/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Daniel Jorge). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários